ATT: EM NOTA, GABINETE DE EDUARDO BOLSONARO DIZ QUE ATENTADO MACULA DEMOCRACIA E CRITICA MÍDIA

A nota publicada às 10:53 contém um erro ao atribuir as afirmações ao gabinete de Jair Bolsonaro e não ao filho dele, Eduardo Bolsonaro. O título e a nota foram corrigidos.
São Paulo, 07/09/2018 - Em nota, o gabinete do deputado Eduardo Bolsonaro, filho do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), faz críticas à cobertura da imprensa ao atentado a faca sofrido ontem pelo candidato em Juiz de Fora (MG). "Desperta certa curiosidade de como seria a abordagem da imprensa, caso a mesma agressão tivesse ocorrido com outro candidato de corrente ideológica marxista, e o autor dela, um de seus adversários", diz a nota.
Na nota, a equipe do deputado atribui o que chama de "parcialidade de tratamento" de determinados setores políticos e midiáticos por não entenderem "como bem-vinda sua participação na referida disputa, apenas por defender os preciosos valores do povo brasileiro, a liberdade e a verdadeira democracia".
Veja íntegra da nota:
O covarde atentado sofrido pelo senhor Jair Messias Bolsonaro, na tarde de ontem, na cidade de Juiz de Fora-MG, mostrou ao país o patamar da sua radicalização político-partidária.
A poucas semanas do pleito mais importante do Brasil, o covarde ataque sofrido foi não só um golpe contra um candidato à presidência da República, como também um gravíssimo episódio a macular nossa incipiente democracia e todos seus princípios basilares.
Jair Bolsonaro vem, há muito, lutando contra a virulência, a intolerância e a parcialidade de tratamento provenientes de determinados setores políticos e midiáticos que, aparentemente, não entendem como bem-vinda sua participação na referida disputa, apenas por defender os preciosos valores do povo brasileiro, a liberdade e a verdadeira democracia.
Assim, enfrenta, de forma ininterrupta, os mais variados e vis ataques à sua honra e reputação.
Desperta certa curiosidade de como seria a abordagem da imprensa, caso a mesma agressão tivesse ocorrido com outro candidato de corrente ideológica marxista, e o autor dela, um de seus adversários.
Na presente oportunidade, agradecemos ainda todas as manifestações de apoio e solidariedade enviadas pelo espetacular povo brasileiro.
Confiantes na recuperação, reafirmamos: Brasil acima de tudo, Deus acima de todos.
Gabinete Dep. Eduardo Bolsonaro
                                                                                       (Equipe AE)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.