TREM-BALA DA ALEGRIA: ‘Trem-bala’ da alegria no Judiciário deve atropelar o Teto de Gastos

Manobra para equiparar salários pode custar mais R$4,5 bilhões
Manobra pode equiparar salários de 85 mil técnicos com nível médio aos de quem tem nível superior
A direção da entidade de trabalhadores do Judiciário da União tenta emplacar um “megatrem da alegria” para elevar para nível superior a escolaridade de 85 mil técnicos judiciários de nível médio em todo o país. Simples assim. Sem concurso publico ou previsão legal, a ideia da manobra é equiparar os seus salários àqueles pagos a 45 mil analistas judiciários de nível superior. A conta, como sempre, é nossa. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.
Segundo a Anajus, entidade dos analistas, a proposta dos técnicos deve aumentar em R$4,5 bilhões por ano os gastos públicos.
A entidade de classe planeja um protesto no dia 13, durante a posse de Dias Toffoli, para apresentar a “pauta”. Leia-se pedido de aumento.
Os técnicos judiciários querem aproveitar a “mão aberta” dos ministros do STF que aprovaram aumento de quase 17% para eles mesmos.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.