Vice de Bolsonaro, general Mourão deve substituí-lo em atos de campanha

Flávio Bolsonaro e outros parlamentares devem assumir papéis mais ativos
Bolsonaro com o general Hamilton Mourão, seu vice, na convenção que os escolheu. (Foto: Rafael Hupsel/Folhapress)
O general da reserva Hamilton Mourão (PRTB) , candidato a vice na chapa presidencial de Jair Bolsonaro, deve assumir os compromissos públicos de campanha da chapa, enquanto o titular se recupera no Hospital Albert Einstein da facada que recebeu de um ativista de esquerda nesta quinta-feira (6), durante um evento eleitoral na cidade de Juiz de Fora (MG).
Não de trata de “plano B”, como esclarecem fontes da campanha ao Diário do Poder, mas a substituição será necessária para compensar de alguma maneira a ausência de Bolsonaro, que dificilmente voltará à campanha eleitoral ainda no primeiro turno.
O comando da campanha também avaliará a participação mais intensa do deputado Flávio Bolsonaro, filho e politicamente afinado com o candidato, e de parlamentares como o senador Magno Malta (PR-ES) e o deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS).
Mourão não seguirá o estilo de Bolsonaro, que gosta do contato direto com as multidões que compareciam aos seus atos de campanha, mas poderá substituir o titular na maior parte dos compromissos previstos.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.