CUIABÁ - Homem diz estar armado, ameaça vizinhos e, quando revistado, a “arma” era um controle remoto.

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)
A briga começou quando o suspeito foi perguntar para a vizinha por que ela não o cumprimentava
karina.cabral/olivre
Um homem de 45 anos foi preso na noite desse domingo (07) depois de fingir ser policial e ameaçar um casal de vizinhos dizendo estar armado. Porém, quando a Polícia Militar chegou ao local e o revistou, descobriu que a “arma” que ele tinha na cintura era, na verdade, um controle remoto de TV.
O caso aconteceu em uma quitinete no Bairro CPA IV, em Cuiabá, por volta das 19 horas.
Conforme o boletim de ocorrência, tudo começou quando o suspeito questionou sua vizinha, de 40 anos, sobre o motivo de ela não o cumprimentar. A mulher estranhou a pergunta repentina e contou para seu marido, de 43 anos, que resolveu indagar o vizinho sobre o motivo da pergunta.
Os dois homens acabaram discutindo e, durante a briga, o suspeito saiu em direção à sua quitinete dizendo que iria buscar uma arma de fogo. Na sequência, ele retornou com uma algema nas mãos, afirmando estar armado e se identificando como policial.
Ele disse para o casal que, caso a discussão continuasse, iria algemar marido e mulher, consta no boletim de ocorrência.
As vítimas disseram à equipe que atendeu a ocorrência que o suspeito falou que trabalhava na Delegacia do Verdão (DERF/Central de Flagrantes).
Os militares então iniciaram buscas pelo suspeito e o encontraram na rua da quitinete. Ele estava com a algema que mostrou para as vítimas e, em sua cintura, onde “estaria uma arma”, os policiais encontraram um controle remoto de televisão.
Ironicamente, o homem foi encaminhado, algemado, para a Central de Flagrantes de Cuiabá, local onde disse que trabalhava.
O caso foi registrado como ameaça e falsidade ideológica.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.