Dilma, incomunicável

Otto Dantas, Articulista e Repórter/JCO
A ex-presidente Dilma Rousseff, segundo pessoas que participaram se sua campanha, está extremamente abalada. Não quer falar com ninguém. Não quer receber ninguém. Não quer se manifestar sobre o resultado das urnas. Está inconsolável e incomunicável. Há rumores de que a filha teria sido chamada para lhe dar conforto. O que se comenta é que a ex-presidente nunca sofreu tanto quanto agora, com o revés eleitoral. Nem no impeachment ela demonstrou tamanho abatimento. O mais trágico é que com a delação de Palocci, a Lava Jato deve avançar sobre a ex-presidente.
Sem foro, é Moro.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.