TENÇÃO: NOVA PESQUISA IBOPE: Ibope: Bolsonaro tem 57% dos votos válidos e Haddad, 43%

 Foto: Adriano Machado e Rodolfo Buhrer/Reuters
Ibope: Bolsonaro tem 57% dos votos válidos e Haddad, 43%
Candidato do PSL oscila dois pontos porcentuais para baixo e vantagem para petista cai de 18 para 14 pontos
A cinco dias da eleição presidencial, o candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, tem 57% das intenções de voto, contra 43% de Fernando Haddad (PT), segundo pesquisa Ibope/Estado/TV Globo divulgada nesta terça-feira, 23.
Os números consideram apenas os votos válidos, ou seja, excluem os nulos, brancos e indecisos. Levando em conta o eleitorado total, a taxa de Bolsonaro passou de 52% para 50%, enquanto a preferência por Haddad se manteve estável em 37%. Há ainda 10% dispostos a anular ou votar em branco, e 3% que não souberam responder.
Na pesquisa espontânea, na qual os eleitores indicam sua opção antes de receber um disco de papel com os nomes dos candidatos, Bolsonaro lidera por 42% a 33%. Na pesquisa anterior, o placar era de 47% a 31% – ou seja, a vantagem caiu de 16 pontos para 9.
No primeiro turno da eleição presidencial, realizado no dia 7, o candidato do PSL ficou à frente do principal adversário por 46% a 29%.
O Ibope ouviu 3.010 eleitores nos dias 21 a 23 de outubro. A margem de erro é de dois pontos porcentuais para mais ou para menos, e o intervalo de confiança é de 95%. Isso significa que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro. O registro na Justiça Eleitoral foi feito sob o protocolo BR‐07272/2018. Os contratantes foram o Estado e a TV Globo.
Em São Paulo, Bolsonaro tem 64% contra 36% de Haddad
Se a eleição presidencial ocorresse apenas no Estado de São Paulo, Jair Bolsonaro venceria o ex-prefeito da capital paulista Fernando Haddad por 64% a 36% dos votos válidos, segundo o Ibope. Os números mostram oscilação positiva de um ponto para o candidato do PSL em relação ao levantamento anterior, enquanto o petista oscilou um para baixo.
Quando são considerados os votos totais — ou seja, incluindo os brancos e nulos —, Bolsonaro pontua 54%, contra 31% de Haddad. Neste cenário, ambos oscilaram um ponto para baixo em comparação com a última pesquisa, divulgada no dia 17 de outubro. Brancos e nulos somam 11%, enquanto 3% não sabem ou não responderam.
No primeiro turno, o candidato do PSL teve vitória esmagadora no Estado, com 53%. Haddad ficou em segundo lugar, com 16,4%. Bolsonaro quebrou a hegemonia histórica do PSDB em São Paulo. O ex-governador Geraldo Alckmin ficou em quarto lugar na disputa, com apenas 9,5%. /COLABOROU CAIO SARTORI/ESTADÃO

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.