Veja os governadores eleitos em 1º turno e as disputas de 2º turno

Acompanhe os Estados que já apresentam resultados, seja com governadores eleitos em primeiro turno ou candidatos já definidos para o segundo turno
O Estado de S.Paulo
Confira os resultados já definidos nas eleições para governador Foto: Filipe Araújo/Estadão
PRIMEIRO TURNO
Goiás
Com 81% das urnas apuradas de Goiás, o senador Ronaldo Caiado (DEM) está eleito governador do Estado, com 60% dos votos no primeiro turno. O atual governador Zé Eliton (PSDB) aparece em terceiro lugar na disputa, com 13% dos votos. Daniel Vilela, do MDB, fica em segundo, com 16%. Katia Maria (PT), com 9%, e Weslei Garcia (PSOL), com 1%. 
Tocantins
O candidato do PHS, Mauro Carlesse, foi reeleito governador de Tocantins. Com 99% das urnas apuradas, Mauro Carlesse teve 57,30% (375,197) dos votos. O segundo colocado, Carlos Amastha (PSB), teve 31,23% (205.806). 
Ceará
O candidato do PT, Camilo Santana, foi reeleito governador do Ceará. Com 75% das urnas apuradas, Camilo Santana teve 77,87% dos votos, estando matematicamente eleito. O segundo colocado, General Theophilo (PSDB), teve 12,59%. 
Mato Grosso
Com 91% das urnas apuradas, o candidato do DEM, Mauro Mendes, pela coligação “Pra mudar Mato Grosso”, formada por oito partidos é eleito governador de Mato Grosso com 59,3% dos votos. O senador Wellington Fagundes do PR está com 19,58%. Em terceiro lugar, figura o atual governador Pedro Taques (PSDB) que tentava a reeleição com apenas 18,89%.
Espírito Santo
Com 85,47% das urnas apuradas, Renato Casagrande (PSB) foi eleito governador do estado de Espírito Santo com 55,15% dos votos válidos. Manato (PSL) ficou em segundo com 27,76% dos votos, enquanto Jackeline Rocha (PT) aparece em terceiro lugar com 7,11%.
Paraíba
Com 92% das urnas apuradas na Paraíba, João Azevêdo (PSB) foi matematicamente eleito governador em primeiro turno com 58,12% dos votos válidos. Ele venceu Lucélio Cartaxo (PV), que obteve 23,4%. Em terceiro apareceu Zé Maranhão (MDB).
Bahia
O governador da Bahia Rui Costa (PT) garantiu matematicamente a reeleição. Com 70,82% das urnas apuradas, ele já contabiliza 75,78% dos votos e governará o Estado por mais quatro anos. Seu principal adversário, o ex-prefeito de Feira de Santana José Ronaldo (DEM), tem até então 21,88% dos votos válidos e já não pode, matematicamente, virar a eleição.
SEGUNDO TURNO
Distrito Federal
Com 100% das urnas apuradas, Ibaneis Rocha (MDB) liderou com 41,97% dos votos válidos, seguido por Rodrigo Rollemberg (PSB) com 13,94% dos votos. Os candidatos irão disputar o segundo turno em 28 de outubro. Em terceiro lugar, ficou Rogério Rosso (PSD) com 11,24%.
Rio Grande do Sul
No Rio Grande do Sul, a disputa de segundo turno para o governo estadual já está definida. Será entre o atual governador José Ivo Sartori (MDB) e Eduardo Leite (PSDB). Com 94% das urnas apuradas, o tucano lidera no primeiro turno com 35,49% e o emedebista aparece com 31,40%. Na terceira colocação ficou Miguel Rossetto (PT) com 17,67%.
Mato Grosso do Sul
Com 100% das urnas apuradas, está definido que os candidatos Reinaldo Azambuja (PSDB) e Odilon de Oliveira (PDT) vão disputar o segundo turno em Mato Grosso do Sul. O segundo turno está marcado para o dia 28 de outubro. O candidato do PSDB teve 44,61%% dos votos, enquanto o candidato do PDT teve 31,67%.
Amazonas
Waldez (PDT) e Davi (DEM) vão disputar o segundo turno das eleições no Amapá. Com 97% das seções apuradas, Waldez estava com 47,95% e Davi com 33,93%. Em terceiro lugar vinha Cirirlo Fernandes, do PSL, com 16,37%. Os votos brancos somavam 1,56% e nulos, 33,17%. Santa Catarina.
Santa Catarina
Com 97% das urnas apuradas em Santa Catarina, Gelson Merísio (PSD) que recebeu 31,05% dos votos válidos vai disputar o cargo de governador do Estado com Comandante Moisés (PSL), que recebeu 29,90% dos votos. Em terceiro lugar ficou, Mauro Mariani (MDB), com 23,14%.
Pernambuco
Com 90,66% das urnas apuradas em Pernambuco, Paulo Câmara (PSB) lidera com 49,88% dos votos válidos, seguido por Armando Monteiro (PTB), com 36,39% dos votos. Os dois estão matematicamente no segundo turno.
Rondônia
Com 93,35% das urnas apuradas, está definido que os candidatos Expedito Junior (PSDB) e Coronel Marcos Rocha (PSL) vão disputar o segundo turno em Rondônia. 
Alagoas
Com 89,73% das urnas apuradas, o governador Renan Filho (MDB) está matematicamente reeleito no primeiro turnocom 77,67% dos votos válidos. Filho do senador Renan Calheiros (MDB), também reeleito como senador com 24,24% dos votos, Renan recebeu até o momento 893.951 votos, contra 123.415 de Josan Leite (PSL), o segundo colocado com 10,72% dos votos.
Minas Gerais
Com 97,28% das urnas apuradas, o candidato do Partido Novo Romeu Zema, que somava 43,05% dos votos, disputará o segundo turno com Antonio Anastasia (PSDB), com 29,04%.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.