Vídeo: Prefeita de Boa Vista (RR) é agredida e acusada de trair aliado

Deputado eleito Jalser Renier invadiu uma rádio onde Teresa Surita concedia entrevista e passou a ameaçá-la com gritos e palavrões
DIVULGAÇÃO MDB
CARLOS ESTÊNIO BRASILINO/METRÓPOLES
A menos de 48 horas do segundo turno das eleições estaduais, a temperatura política em Roraima está elevada. Nesta sexta, o deputado estadual reeleito Jalser Renier (Solidariedade), presidente da Assembleia Legislativa do Estado, agrediu a prefeita da capital Boa Vista, Teresa Surita (MDB), a quem acusou de “trair” o tucano José de Anchieta Júnior, candidato ao governo do estado pela coligação Todos por Roraima (PSDB, MDB, DEM, Solidariedade, PSD, DC, PPS e PTC).
A agressão ocorreu quando a prefeita concedida uma entrevista à Rádio 93 FM, de propriedade do ex-marido de Teresa, o senador Romero Jucá (MDB), que não foi reeleito.
Renier invadiu o estúdio e interrompeu a entrevista, para logo depois partir para cima da prefeita. “Essa prefeita é irresponsável, sem noção, sem caráter. Ela apoiou o Anchieta e agora está virando as costas”, vociferou o deputado.
Segundo o presidente da Assembleia, Teresa Surita, que havia declarado apoio a Anchieta Júnior no primeiro turno, passou a integrar o palanque de Antônio Denarium (PSL), candidato que carrega a bandeira de Jair Bolsonaro naquele estado.
“Você não tem caráter, você é uma pessoa que não tem futuro”, gritou Jalser Renier, antes de tomar o celular das mãos de um assessor da prefeita que gravava a cena e espatifa-lo no chão. “Você vai pagar, sua vaca, sua vagabunda. Eu vou te prender, sua p…”, disse o deputado.
“Discussão política”
Após o ocorrido, Renier afirmou que não agrediu a prefeita. “Foi apenas uma discussão política acalorada em razão da proximidade do pleito e da ausência de contraditório por parte da rádio”, tentou justificar.
Teresa Surita prestou depoimento sobre a agressão na sede Superintendência da Polícia Federal. Segundo sua assessoria, a prefeita se pronunciará através de nota ou de coletiva ainda a ser marcada.
Veja o vídeo com a agressão à prefeita:

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.