ALAGOAS - PC nomeia comissão para apurar morte de 11 pessoas em confronto; OAB pede esclarecimentos

Cortesia ao Alagoas24Horas
Onze suspeitos de roubo a banco
morrem após troca de tiros do
Sertão de Alagoas
A Delegacia Geral da Polícia Civil de Alagoas informou, na tarde desta sexta-feira, 09, que nomeou uma comissão, composta por três delegados, para apurar as circunstâncias do confronto policial, ocorrido ontem (08) em Santana do Ipanema que resultou na morte de 11 pessoas suspeitas de assaltos a bancos. A determinação será publicada no Diário Oficial do Estado na próxima segunda-feira, 12.
Segundo informações da PC/AL, o caso será apurado pelos delegados Eduardo Mero Campos, coordenador da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Bruno Emílio Macedo Teixeira, integrante da especializada, e o delegado Hugo Leonardo Oliveira de Vasconcelos, titular da Delegacia Regional de Santana do Ipanema (2ª DRP).
A Comissão de Direitos Humanos da OAB, seccional Alagoas, também se manifestou sobre o assunto e solicitou, nesta sexta-feira, esclarecimentos da Secretaria do Estado da Segurança Pública sobre a operação policial.
O ofício, enviado à SPP, foi assinado pelo presidente da comissão, Ricardo Moraes, e solicita informações sobre o confronto entre policiais e suspeitos no sertão alagoano.
“A OAB Alagoas, por meio da Comissão, enfatiza uma grande preocupação com a divulgação das referidas fotos e imagens que são chocantes e, sem dúvida, por meio destas, são criadas e especuladas várias hipóteses para o caso, além de demonstrar um verdadeiro desprezo pela vida humana”, disse Ricardo Moraes.
Entenda o caso
Na quinta-feira, 08, 11 suspeitos de integrar uma organização criminosa especializada em roubos a bancos foram mortos durante um confronto com policiais civis na cidade de Santana do Ipanema, sertão alagoano.
Durante a operação, os policiais cercaram a residência em que o grupo estava e durante uma troca de tiros, os acusados morreram. No local, a PC apreendeu espingardas calibre 12, pistolas, munição, explosivos e um carro usado possivelmente nas ações criminosas.
Imagens que mostram os homens mortos em uma casa, onde estavam escondidos, estão sendo fortemente compartilhadas nas redes sociais. Os corpos aparecem amontoados, vestindo apenas cuecas, com várias perfurações de arma de fogo.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.