Anitta conta reação da mãe ao revelar que já ficou com mulheres

Cantora falou sobre sexualidade durante seu documentários
(iBahia)
O documentário de Anitta nem bem chegou à Netflix nesta sexta-feira (16) e já está dando o que falar. Na série, a funkeira acabou revelando como sua mãe, Miriam, reagiu ao saber que ela tinha ficado com mulheres.
"Quando eu resolvi contar para ela que eu tinha ficado com meninas, fiquei morrendo de medo da reação dela e ela foi completamente normal, como sempre é comigo. Por isso hoje eu tenho tanta vontade de dar suporte a todas as pessoas que têm suas diferenças sexuais porque me lembro bem do suporto que eu tive um dia e o alívio que minha mãe me causou. Ao mesmo tempo que agradeço a ela, eu tento ser um suporte para as pessoas que não tiveram essa sorte que eu tive", disse ela, em um trecho do documentário.
No lançamento do documentário, nesta semana, durante a conversa com os jornalista, a funkeira já tinha antecipado que precisou parar por um tempo as filmagens por conta da depressão. "A gente teve um gap de quando a gente gravou 'Check Mate'. Acontece que nesse meio eu tive uma crise depressão muito grande, então a gente tem um vácuo. Era um momento que eu não conseguia gravar, não conseguia ter câmera perto, então a série levou um pouco mais de tempo por conta disso. Fiquei três, quatro meses sem conseguir assimilar. E minha equipe sabe como sou, se eles tocassem sem que eu estivesse em condições de acompanhar, eu não ia ficar feliz. Então todo mundo parou e ficou me esperando voltar ao normal para dar continuidade", disse.
Anitta explicou que o tema é tratado durante todo o documentário: "a gente aborda de uma forma um pouquinho superficial, porque na época eu não conseguia filmar. Não é tão aprofundado, mas dou um depoimento explicando um pouquinho do motivo, desde a primeira vez até essa recaída".
Outro assunto que vai dar o que falar no documentário é a presença do agora ex-marido dela, Thiago Magalhães. "Eu falei que não queria editar nada. Justamente para criar uma curiosidade: 'saiba a razão', 'saiba o que aconteceu'. Até porque eu segui tendo câmeras comigo, já pensando no futuro. Para criar aquela expectativa: 'quer saber o que aconteceu? Não perde a segunda'. Deixei como realmente estava", contou.
O documentário de Anitta nem bem chegou à Netflix nesta sexta-feira (16) e já está dando o que falar. Na série, a funkeira acabou revelando como sua mãe, Miriam, reagiu ao saber que ela tinha ficado com mulheres.
"Quando eu resolvi contar para ela que eu tinha ficado com meninas, fiquei morrendo de medo da reação dela e ela foi completamente normal, como sempre é comigo. Por isso hoje eu tenho tanta vontade de dar suporte a todas as pessoas que têm suas diferenças sexuais porque me lembro bem do suporto que eu tive um dia e o alívio que minha mãe me causou. Ao mesmo tempo que agradeço a ela, eu tento ser um suporte para as pessoas que não tiveram essa sorte que eu tive", disse ela, em um trecho do documentário.
No lançamento do documentário, nesta semana, durante a conversa com os jornalista, a funkeira já tinha antecipado que precisou parar por um tempo as filmagens por conta da depressão. "A gente teve um gap de quando a gente gravou 'Check Mate'. Acontece que nesse meio eu tive uma crise depressão muito grande, então a gente tem um vácuo. Era um momento que eu não conseguia gravar, não conseguia ter câmera perto, então a série levou um pouco mais de tempo por conta disso. Fiquei três, quatro meses sem conseguir assimilar. E minha equipe sabe como sou, se eles tocassem sem que eu estivesse em condições de acompanhar, eu não ia ficar feliz. Então todo mundo parou e ficou me esperando voltar ao normal para dar continuidade", disse.
Anitta explicou que o tema é tratado durante todo o documentário: "a gente aborda de uma forma um pouquinho superficial, porque na época eu não conseguia filmar. Não é tão aprofundado, mas dou um depoimento explicando um pouquinho do motivo, desde a primeira vez até essa recaída".
Outro assunto que vai dar o que falar no documentário é a presença do agora ex-marido dela, Thiago Magalhães. "Eu falei que não queria editar nada. Justamente para criar uma curiosidade: 'saiba a razão', 'saiba o que aconteceu'. Até porque eu segui tendo câmeras comigo, já pensando no futuro. Para criar aquela expectativa: 'quer saber o que aconteceu? Não perde a segunda'. Deixei como realmente estava", contou.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.