DIA DE FÚRIA - Homem joga álcool e ameaça colocar fogo na filha e, por fim, incendeia a própria casa

A jovem foi salva pela madrasta, que, pouco depois, precisou fugir com os filhos, quando o marido colocou fogo da residência
Karina Cabral/olivre.com.br
Um homem de 42 anos foi preso na madrugada desta quarta-feira (07) depois de tentar colocar fogo na própria filha, de 20 anos, e, por fim, incendiar a casa da família, no Bairro Colina Verde, em Cuiabá. A esposa e os filhos menores do suspeito estavam na casa e precisaram fugir.
A Polícia Militar foi acionada pela filha do suspeito, quando ela já tinha conseguido fugir de casa e estava no Bairro Dr. Fábio II. A jovem denunciou o pai por tentativa de homicídio.
Conforme o boletim de ocorrência, o pai jogou álcool no corpo da filha e tentou atear fogo nela. Ele só não completou o ato porque foi impedido por sua atual esposa, madrasta da vítima. Logo depois da tentativa, a jovem saiu correndo para a rua.
Uma equipe da PM já havia ido à casa horas antes, mas não tinha encontrado o suspeito, que havia fugido. Depois de tentar colocar fogo na filha, o homem ainda retornou à casa e, com o mesmo galão de álcool, colocou fogo na própria casa, onde sua esposa e seus filhos menores estavam.
A mulher, de 32 anos, conseguiu sair da casa com as crianças a tempo de não serem atingidos pelo fogo. Depois do crime, o homem pegou seu carro, um Corsa prata, e tentou fugir. Porém, uma viatura da Polícia Militar o encontrou e ordenou que parasse, o que não foi obedecido.
O suspeito iniciou uma fuga em alta velocidade em direção ao Bairro CPA, sendo seguido pelos policiais. Quando ele chegou a um local mais isolado e precisou reduzir a velocidade por causa de uma curva, os militares aproveitaram a oportunidade e atiraram nos pneus do carro.
Com a ação da equipe, o suspeito precisou parar o veículo. Ele foi preso e encaminhado à Central de Flagrantes de Cuiabá. Mesmo com a presença dos policiais, ele seguiu ameaçando a filha e a esposa. Não há informações sobre o que motivou a revolta do suspeito.
O Corsa foi entregue à esposa do suspeito. A casa da família ficou bastante danificada com o incêndio e as vítimas perderam vários pertences e móveis. Além disso, uma motocicleta Biz também foi atingida. As chamas foram controladas pelo Corpo de Bombeiros.
O caso foi registrado como incêndio culposo, tentativa de homicídio, desobediência, direção perigosa de veículo na via pública, injúria real e ameaça.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.