Filha de Silvio Santos defende o pai e ataca Claudia Leitte

'Está na hora de não darmos mais moral pra essa moça', disparou Silvia Abravanel
A polêmica frase de Silvio Santos à Claudia Leitte, no último sábado (11), durante o 'Teleton', segue repercutindo. As filhas do apresentador trataram de defendê-lo nas redes sociais. Silvia Abravanel se posicionou sobre o caso e chegou a atacar a loira em sua declaração.
"Está mais que na hora de não darmos mais moral pra essa moça ou essa história. Já basta. Saudades dos tempos em que haviam seres humanos movidos à amor, respeito e não saiam por aí atacando uns aos outros por embalo a um segundo de fama", disparou.
Daniela Beyruti, também filha de Silvio, questionou quem acusa o dono do SBT de assédio: "tenho escutado tanto absurdo esses dias. Me pergunto: Será que um homem íntegro, trabalhador, super pai, avô, bisavô, bom marido, colega de trabalho, comunicador de décadas e pessoa que sempre semeou o bem, assediaria mesmo uma mulher na frente de sua esposa e filhas ou estaria fazendo seu trabalho de apresentador brincando no palco com uma outra artista? Saudades da TV de antigamente. Onde existia muita brincadeira e pouco constrangimento. Desabafo de uma filha".
Patrícia Abravanel, nos comentários do post da irmã, escreveu um posicionamento sobre o que acha em relação ao caso. "Tanta maldade que só choro quando penso nisso. Muito triste mesmo. Quanta injustiça com a vida, com a história e com o caráter do meu pai. Existe um ser humano, existe um pai de família, existe um marido, um empresário, um animador, um artista e também uma família que conhece ele muito bem, que ama ele, que admira e que está escutando cada barbaridade em relação ao pai. Meu Deus, onde vamos chegar? Estou muito triste mesmo", afirmou.
Polêmica
Para quem não acompanhou, Claudia foi uma das convidadas do 'Teleton', no último fim de semana, e foi colocada em uma situação constrangedora por conta de Silvio Santos. O apresentador recusou um abraço da loira, alegando que ficaria excitado. "No sentido de alegria, de euforia, né?", questionou a cantora. "Não, de excitação mesmo", respondeu ele.
Nas redes sociais, Claudinha desabafou sobre o caso e afirmou ter ficado constrangida com a situação. "Aonde quer que eu vá, minha entrega é total. Tem que ser com todo amor do mundo, especialmente quando se trata de contribuir para o bem de alguém. Senti-me constrangida sim! Quando passamos por episódios desse tipo, vemos em exemplificação, o que acontece com muitas mulheres todos os dias, em muitos lugares. Isso é desenfreado, cruel, nos fere e nos dá medo. A provocação vem disfarçada de piada, e as pessoas riem, porque acostumaram-se, parece-nos normal! E lá se vai a nossa vida, cheia de reflexões quanto ao que usar como artista, como empresária, como esposa, como amiga, como empregada, como patroa... como mulher. Até que horas podemos estar nas ruas? Aprendemos a nos esquivar. Fizemos concessões porque fomos educadas assim. Mas, nós que somos vítimas! “Ah, mas se estivéssemos usando outra roupa?” Definitivamente a culpa não é do que estamos usando! A culpa é dessa atitude constrangedora e de dois pesos e duas medidas. Somos livres! Eu, como cantora, ciente do meu papel e da responsabilidade que carrego, sentia que precisava dizer isso a vocês, meus fãs, e a todas as pessoas, em especial às mulheres, que longe do olhar público sofrem todos os dias", escreveu.
O marido da artista, o empresário Márcio Pedreira, saiu em defesa dela. Nas redes sociais, ele postou uma foto ao lado de Claudia e dos filhos, Davi e Rafael, e, na legenda, mostrou apoio à artista. "Claudia Cristina Leite Inacio Pedreira, Mulher, Filha, Mãe, Esposa, Te amamos!! Você merece respeito!!! Continue fazendo com muito amor tudo da sua vida!! #respeito #familia #amor", disse ele.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.