TERRORISMO - Estado Islâmico assume autoria do ataque com faca na Austrália

Ataque com faca matou uma pessoa e feriu outras duas em uma rua no centro de Melbourne, na Austrália
Por EFE
Austrália: grupo jihadista Estado Islâmico assumiu nesta sexta-feira o ataque ocorrido em Melbourne (Sonali Paul/Reuters)
Cairo – O grupo jihadista Estado Islâmico (EI) assumiu a autoria do ataque perpetrado nesta sexta-feira por um homem que esfaqueou uma pessoa e feriu outras duas em uma rua no centro de Melbourne, na Austrália, segundo informa a agência “Amaq”, alinhada com os jihadistas.
“O autor do esfaqueamento em Melbourne, no sudeste da Austrália, é um dos combatentes do Estado Islâmico”, disse uma fonte de segurança à “Amaq”, segundo um breve comunicado da agência divulgado no Telegram e cuja autenticidade não pôde ser verificada.
Trata-se de “uma resposta para atacar os cidadãos da coalizão”, acrescenta a nota, ao fazer referência à aliança internacional que luta contra os jihadistas na Síria e no Iraque, liderada pelos Estados Unidos e da qual a Austrália faz parte.
Segundo a polícia australiana, o autor, que era conhecido pelos Serviços de Inteligência, morreu meia hora depois de chegar ao hospital, para onde foi levado após ser atingido por um disparo no peito feito por um dos agentes que tentavam detê-lo.
O agressor não foi identificado até o momento pela polícia australiana e nem pela agência “Amaq”.
O ataque aconteceu às 16h20 local (4h20, em Brasília) na rua Bourke, quando o agressor bateu com o carro na entrada de um shopping e saiu do veículo em chamas com uma faca com a qual agrediu vários pedestres, um dos quais morreu no lugar.
A polícia disse que as três vítimas do ataque eram homens e que os dois feridos seguem no hospital, mas fora de perigo.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.