Viaduto que cedeu será escorado; vistoria estava em dia, afirma secretário

Cinco veículos passavam por cima do local no momento da queda, mas não foi registrada nenhuma vítima com ferimento grave
Viaduto cedeu na altura do Parque Villa Lobos, na Marginal Pinheiros (GloboNews/Reprodução)
O Secretário de Mobilidade e Transportes de São Paulo, João Octaviano Machado Neto, afirma que a pista que cedeu cerca de 2 metros na madrugada desta quarta-feira (15), na Marginal Pinheiros, zona oeste da cidade, é “vistoriado periodicamente e não estava oferecendo qualquer tipo de risco ou atenção diferencial”. A Veja, o secretário afirmou que a perícia no local ainda não dispõe de nenhuma informação sobre possíveis causas do acidente.
Em nota, a Secretaria Municipal de Infraestrutura e Obras (SIURB) informa que realizará o escoramento da estrutura para que possam ser feitos os ensaios que apurarão as causas do acidente, além de dar início às obras de recuperação. Ainda não é possível prever um prazo para conclusão dos trabalhos. De acordo com a Prefeitura, o escoramento é necessário para aliviar a carga no pilar onde houve o rompimento da estrutura e garantir a segurança dos profissionais que irão trabalhar no local.
Viaduto cede na Marginal Pinheiros, altura do Parque Villa Lobos (GloboNews/Reprodução)
Viaduto cede na Marginal Pinheiros, altura do Parque Villa Lobos (Aloisio Mauricio/Fotoarena/Folhapress)
Viaduto cede na Marginal Pinheiros, altura do Parque Villa Lobos (Aloisio Mauricio/Fotoarena/Folhapress)
O viaduto passa sobre a linha-9 Esmeralda da CPTM. Machado confirmou que foi encontrado um “remanescente de um canteiro de obras”, mas não é possível afirmar que esteja relacionado ao acidente. Cinco veículos passavam por cima do local no momento da queda, mas não foi registrada nenhuma vítima com ferimento grave.
Todas as faixas da pista expressa da Marginal Pinheiros estão interditadas na tarde desta quinta-feira 15, sem previsão de liberação. A CET e a SPTrans realizam uma operação para amenizar os efeitos no trânsito na região, mas recomendam aos motoristas que evitem o local. (veja)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.