NOTICIAS CURTAS

O FIM DO MUNDO 
Investigadores da PF disseram ao Estadão que “boa parte do que Antonio Palocci delatou já foi comprovada”.
Aqueles que, no início, diziam não se tratar de uma “delação do fim do mundo agora silenciam sobre o resultado alcançado”.
                                                        - X -
Resista, Lula
A Folha de S. Paulo diz que Lula “segue resistindo à hipótese” de prisão domiciliar.
É uma piada, claro.
                                                         - X -

Médica cubana diz ter feito campanha do PT a mando da ditadura
Na Crusoé, Duda Teixeira relata que a médica cubana Tatiana Carballo Gomez diz ter feito campanha para o PT a mando da ditadura, enquanto integrava o Mais Médicos. E que teve de perdir permiss ão para para de cumprir essa, digamos, missão oficial.
Leia
                                                            - X -
O tesouro de Pezão
A PF suspeita que Luiz Fernando Pezão tenha um tesouro escondido.
Segundo a TV Globo, “a análise de duas contas bancárias mostra que ele quase não sacava dinheiro delas. Investigadores dizem que isso leva a crer que ele usava recursos financeiros de contas de terceiros ou que tenha muito dinheiro vivo guardado”.
                                                              - X -
Tchau, Zanin
A prisão domiciliar de Lula passa pelo gradual afastamento de Cristiano Zanin.
A Folha de S. Paulo diz que, com a aposentadoria de Roberto Teixeira, o escritório do advogado de Lula “vai precisar dividir a atuação nos processos”.
O discurso está sendo plantado na imprensa amiga a fim de que o pedido de prisão domiciliar feito por Sepúlveda Pertence junto ao STF possa ser retomado.
                                                               - X -
O pedido de prisão domiciliar para Lula
“Lula está recebendo pressão de amigos, correligionários e familiares para concordar com o pedido de uma prisão domiciliar”, diz a colunista social da Folha de S. Paulo.
É um engodo, claro.
Lula apostava na derrota de Jair Bolsonaro, e que o vencedor – Fernando Haddad, Ciro Gomes ou Geraldo Alckmin – o tiraria da cadeia, enterrando a Lava Jato.
O criminoso quebrou a cara e agora só lhe resta negociar com o STF uma prisão domiciliar. 
Com o o antagonista

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.