VIOLÊNCIA - Assaltantes armados invadem a casa de idosa e a deixam em estado de choque

Dois jovens foram presos e dois adolescentes apreendidos; um deles ameaçou a PM dizendo ser membro do Comando Vermelho
Uma idosa de 60 anos sofreu grandes danos psicológicos após ser rendida por quatro jovens na porta de sua casa, no Bairro Parque Atlântico, em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá) e ter sua casa invadida e roubada.
O caso aconteceu por volta das 21h45 dessa segunda-feira (03) e a idosa ficou bastante abalada. Conforme o boletim de ocorrência, ela estava saindo de sua casa quando os suspeitos chegaram, um deles armado, a renderam e, sob ameaça, a obrigaram a abrir o portão.
Todos entraram na casa e fizeram um “limpa”, levando vários objetos e uma motocicleta Yamaha amarela.
A Polícia Militar foi acionada logo depois do crime e iniciou as buscas aos criminosos. Uma equipe do GAP (Grupo de Apoio) logo encontrou um gol de cor branca, com quatro jovens, que demonstraram nervosismo ao verem a viatura. Os passageiros do banco de trás chegaram a se abaixar, o que levou os policiais a desconfiarem e pararem o veículo.
Foi dada ordem para que todos descessem do Gol, mas os dois adolescentes que estavam no banco de trás, de 16 e 17 anos, se recusaram a obedecer. Os militares então perceberam que os dois jovens dos bancos da frente, um de 18 e um de 22 anos, estavam tentando esconder algo embaixo do banco antes de descer do veículo.
Todos demoraram para sair do carro e, quando revistados, nada foi encontrado. Os policiais então checaram o carro e, embaixo do banco do motorista, foi encontrado um rádio comunicador na frequência do 4º Batalhão da Polícia Militar e uma arma falsa. Embaixo do banco do passageiro foi encontrado um revólver calibre 38 com cinco munições intactas.
Todos foram algemados e encaminhados para a Central de Flagrantes de Várzea Grande. A vítima reconheceu o suspeito que dirigia o carro, que ainda estava usando a mesma camiseta utilizada durante o assalto. Ela também reconheceu a arma.
Os militares checaram e descobriram que o revolver havia sido roubado de um vigilante, morador de Sinop (500 km de Cuiabá).
Na delegacia, o suspeito de 22 anos ainda ameaçou os policiais que atenderam a ocorrência, dizendo ser membro da facção Comando Vermelho, que “isso não ficaria assim” e “vai ser cobrado”. Ele já tinha passagem por roubo e, o adolescente de 17 anos, por tráfico de drogas. (olivre)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.