Avião militar francês desaparece dos radares e terá caído a norte dos Alpes

Mirage 2000D, da base aérea de Nancy-Ochey, desapareceu dos radares. Autoridades dizem que aparelho não estava armado nem tinha reservatório de combustível suplementar.
Um Mirage 2000, durante uma missão da NATO, numa imagem de arquivo
© Reuters/DN
Um caça francês Mirage 2000D, que tinha descolado da base aérea de Nancy-Ochey, desapareceu esta manhã dos radares quando sobrevoava a baixa altitude sobre a cordilheira de Jura, no norte dos Alpes, junto à fronteira com a Suíça, segundo informações da prefeitura de Doubs.
Segundo a mesma fonte, citada pela Reuters, o aparelho "não estava armado e não tinha reservatório suplementar". Essa fonte não confirmou que o avião se terá despenhado.
Mas, segundo o jornal L'Est Républicain, os destroços já teriam sido encontrados.
As autoridades lançaram uma operação para tentar encontrar o piloto e o copiloto, um homem e uma mulher, que seguiam a bordo do avião e podem ter-se ejetado, pedindo informações que possam ajudar.
As buscas estão a ser dificultadas pelo nevoeiro e a neve que cobre a zona.
As buscas estão a ser dificultadas pelo nevoeiro e a neve que cobre a zona.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.