Negociações para fim da guerra comercial entre China e EUA encerram sem definições claras

Conversas para dar fim na guerra comercial entre as duas potências foram encerradas nesta quarta-feira (9), um dia depois do previsto
Os presidentes de Estados Unidos, Donald Trump, e China, Xi Jinping, em 9 de novembro de 2017 em Pequim. - AFP/Arquivos
As delegações dos Estados Unidos e da China encerraram nesta quarta-feira (9) as negociações para dar fim à guerra comercial entre os dois países. Segundo as autoridades, os detalhes dos acordos devem ser divulgados em breve. As conversas ocorreram em Pequim e deveriam ter sido encerradas na terça-feira (8), informou a Reuters.
De acordo com Ted McKinney, subsecretário de agricultura dos EUA para Assuntos Agrícolas Externos e Comerciais, a equipe norte-americana regressa ainda hoje. “Acho que foram bem”, disse McKinney sobre as negociações. “Foram boas para nós”, disse ele a repórteres no hotel da delegação, sem dar detalhes.
Do outro lado, o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Lu Kang, afirmou que a extensão da conversa para além do previsto trouxe benefícios para as negociações. “Só posso dizer que prorrogar as discussões mostra que os dois lados estavam de fato sérios em conduzir as discussões.”
O encontro desta semana foi o primeiro desde que os Donald Trump e Xi Jinping concordaram em dar uma trégua de 90 dias, valendo a partir de 1º de janeiro, na escalada de taxações e aumento de impostos. (ISTOÉ)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.