Boechat: de repórter a um dos âncoras mais respeitados do país

Jornalista trabalhou em jornal, rádio e televisão em quase cinco décadas de uma carreira marcante
O jornalista Ricardo Boechat (Band/Reprodução)
Morto em um acidente de helicóptero nesta segunda-feira, Ricardo Boechat era um dos jornalistas mais experientes – e respeitados – do país. Âncora do Jornal da Band, ele começou sua carreira de quase cinco décadas como repórter e teve uma breve passagem pela política. Conheça abaixo a trajetória do apresentador.
Boechat nasceu em Buenos Aires, Argentina, em 1956. Começou sua carreira nos anos 1970, como repórter do extinto jornal Diário de Notícias. Na mesma época começou a atuar como colunista, colaborando com Ibrahim Sued. Apresentador e radialista, teve uma breve carreira na política, como secretário de Comunicação Social no governo Moreira Franco. É vencedor de seis Prêmio Esso.
Boechat trabalhou em alguns dos maiores jornais do Brasil. Entre eles, O Globo, O Dia, O Estado de S. Paulo e Jornal do Brasil. Foi também diretor de jornalismo na Band e atuava como âncora de dois jornais: nas redes de rádio da BandNews FM e de televisão. Era casado com Veruska Seibel Boecha e deixa seis filhos, Paula Boechat. (veja)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.