Procuradores da Lava Jato exaltam independência e imparcialidade de Bonat

Força-tarefa vê compromisso do magistrado com a Justiça e com o País
Juiz federal Luiz Antonio Bonat é responsável pelos processos da Lava Jato. Foto: Nathan D'Ordellas/JFPR
O Ministério Público Federal (MPF) divulgou hoje (9) que os procuradores da República que integram a força-tarefa da Operação Lava Jato em Curitiba (PR) congratulam o juiz federal Luiz Antônio Bonat por assumir a titularidade da 13ª Vara Federal, antes ocupada por Sergio Moro, atual ministro da Justiça.
“O fato de se tratar de juiz mais antigo da 4ª Região, seção judiciária que engloba os estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, denota a experiência do magistrado, que tem um histórico de atuação independente e imparcial”, afirmou a assessoria de comunicação MPF do Paraná, ao comunicar a posição dos procuradores da Lava Jato.
A força-tarefa avalia ainda que a disposição para assumir tamanha responsabilidade, ao oferecer seus mais de 20 anos de experiência profissional para servir a sociedade em um caso que tem sido acompanhado com especial atenção no Brasil e no exterior. E reforça o compromisso do magistrado com a Justiça e com o país. (DP)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.