Autor mexe em vespeiro na Globo ao abordar assédio em novela

Em “O Setimo Guardião”, personagem de Letícia Spiller vai acusar ex-amante de assédio; o que para muitos é referência ao caso de Zé Mayer
Letícia SpillerDivulgação
Não bastasse toda a polêmica que envolveu parte do elenco nos bastidores da novela, “O Sétimo Guardião “ deve mexer em um vespeiro nos próximos capítulos. 
Segundo fontes, o autor Aguinaldo Silva pode usar a novela para alfinetar algumas mulheres que acusam homens de assédio injustamente.
Será uma maneira sutil de Aguinaldo dizer o que pensa com relação a acusação de assédio que resultou na dispensa de José Mayer da Globo.
A temática deve despertar a ira da mulherada e ainda comprar uma briga interna na emissora.
Na novela, a personagem da Letícia Spiller, depois de usar e abusar do personagem do Marcelo Mello Jr., vai se fazer de vítima acusar o rapaz de assédio. Sim, o ex-amante da mulher do prefeito vai se enrolar após ser acusado por ela.
Na trama, o rapaz não terá chance de se explicar, será demitido e obrigado a sair da cidade. Qualquer semelhança com pessoas conhecidas não terá sido mera coincidência...
José Mayer foi acusado de assédio por uma figurinista da Globo e acabou tendo o seu contrato rescindido na emissora após passar quase dois anos na geladeira. 
Amigo leal do ator, Aguinaldo foi um dos que o defendeu na Globo e tentou impedir que ele fosse dispensado. O autor não só escalou Mayer como criou um personagem especialmente para ele no folhetim, mas a direção não quis a volta do veterano.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.