DE FÉRIAS : Prefeito de São Paulo flanava em Praga, de férias, com a cidade debaixo d’água

Bruno Covas passeava na República Tcheca e iria para a Suíça enquanto SP afogava
Caso a situação não seja normalizada, cidade poderá ter feriado.
Enquanto cinco pessoas morriam em deslizamentos e sete afogadas, centenas ficavam desabrigadas e milhares perdiam seus pertences, o prefeito Bruno Covas passeava na cidade de Praga, capital tcheca, e já tinha voo marcado para seguir em férias para Genebra, na Suíça. Ele escolheu sair de férias exatamente quando a cidade que administra enfrentava temporais que chegaram a derrubar mais de 600 árvores. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.
Nesta segunda (11) pela manhã, a impressão era de acefalia. Com o prefeito ausente, ninguém aparecia para tomar as rédeas da situação.
Informado do que se passava em São Paulo, Bruno Covas parece ter recuperado o juízo para retornar à cidade pela qual é responsável.
Ao flanar em Praga, Bruno Covas repetiu o erro da então prefeita Marta Suplicy, que foi passear em Paris com a cidade debaixo d’água.
A revista Veja São Paulo insinuou que Bruno Covas viajou na companhia de Gustavo Pires, “principal assessor e amigo”.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.