Ofensa não faz parte da ética do jornalista, diz Diretor de Comunicação em sessão especial na Câmara

O diretor do Departamento de Comunicação Social da prefeitura de Itabuna, Paulo Lima, foi um entre os 10 jornalistas homenageados na noite da última segunda-feira (08), durante sessão especial na Câmara Municipal. O presidente do legislativo, Ricardo Xavier, abriu a sessão destacando o importante papel que o jornalista exerce no dia a dia, ao afirmar que o “eles são os olhos da sociedade e, como os vereadores, lutam por um futuro melhor”.
Disse também que o Legislativo itabunense deve muito ao trabalho dos jornalistas desta cidade” , pois por décadas, eles vivenciam o dia a dia da Câmara e contribuem para o nosso desenvolvimento”.
Representando a categoria, o jornalista Paulo Lima agradeceu a homenagem e lembrou que está foi a primeira vez que a Câmara de Vereadores faz uma sessão especial para comemorar o Dia Nacional do Jornalista, instituído em dia 7 de abril. Em seu discurso, ele chamou a sociedade a pensar Itabuna no sentido de contribuir para seu desenvolvimento, revendo o município com os olhos do progresso e de novas perspectivas para o futuro.
O diretor de Comunicação Social disse que o jornalista ético, profissional não usa o meio e comunicação para extorquir, xingar, difamar ou denegrir a imagem de um cidadão seja ele um simples trabalhador da periferia ou um grande empresário. 
Paulo lamentou que muitos que se dizem jornalistas usam os meios de comunicação não para analisar os fatos, informar, questionar ou contribuir para o sucesso do cidadão ou de sua cidade, mas para ofender. “A ofensa não faz parte da ética de qualquer que seja a profissão, principalmente a do jornalista que representa os olhos, os ouvidos e a voz de uma comunidade”, reforçou.
Para concluir Paulo Lima disse que a sessão especial da Câmara não foi apenas para os 10 indicados, “mas para toda a imprensa, que seja falada, escrita, televisada, os blogueiros e todos aqueles que fazem do jornalismo uma missão de vida”.
Os profissionais homenageados foram Ramiro Aquino, Ederivaldo Benedito, Celina Santos, Kléber Torres, Rosi Barreto, Viviane Cabral, Joselito Reis, Paulo Lima, Maria Antonieta, e em memória, Eduardo Anunciação, falecido em 2013, que empresta seu nome à Sala de Imprensa do Legislativo itabunense que foi reinaugurada. O jornalista Eduardo Anunciação foi representado pela viúva Selma e a filha Eduarda (Duda) Anunciação que agradeceram a homenagem.
Estiveram presentes à sessão, os vereadores Babá Cearense, Robson Sá e Antônio Cavalcante, além de convidados.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.