PF investiga fraude em seguro-desemprego

São cumpridos 21 mandados de prisão preventiva e 12 mandados de busca e apreensão nos estados de São Paulo, Goiás e Bahia. Nove pessoas foram presas até o momento.
Material apreendido pela PF na casa
de um dos alvos em Mauá
Foto: Divulgação PF
A Polícia Federal de São Paulo deflagrou na manhã desta segunda-feira (15) nova fase da operação Mendacium, que investiga uma organização criminosa especializada em fraudes no recebimento do seguro-desemprego.
De acordo com o G1,  21 mandados de prisão preventiva e 12 mandados de busca e apreensão nas cidades de Mauá, São Paulo, Porangatu (GO) e Ibicuí (Bahia). Nove pessoas foram presas até o momento.
De acordo com as investigações, a quadrilha conseguiu sacar mais de R$ 20 milhões em benefícios de seguro-desemprego.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.