Traficante morre em confronto com o Peto do Prado

Um homem, apelidado de Galego, que seria comandante do tráfico na região do Morro da Fumaça, em Cumuruxatiba, distrito do Prado, tombou em confronto com a polícia. O Peto chegou ao local através de denúncia anônima. Ao avistarem a viatura, os bandidos começaram a atirar. 
Os militares revidaram e, um dos criminosos, caiu ferido. Socorrido numa unidade de saúde de Prado, o baleado não resistiu aos ferimentos. No local, foram encontrados um revólver marca Taurus, de calibre .38, com numeração suprimida, e 6 cartuchos, sendo que 3 estavam deflagrados, 2 picotadas e um intacto. 19 pinos de cocaína; 8 porções de maconha e, aproximadamente, 150g de uma substância utilizada na mistura de cocaína. 
Ainda no Extremo-Sul, Maria Helena Nunes, 54 anos, foi morta com golpes de arma branca, assim que chegou em sua residência após ter jantado com familiares em um endereço próximo. O assassino, segundo a polícia, já esperava a vítima, que morava sozinha, escondido no interior de sua casa, localizada ao lado do posto de saúde de Helvécia, distrito de Nova Viçosa. Autoria e motivação do crime estão sendo investigadas através de inquérito policial instaurado pela Polícia Civil. (Liberdade News)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.