ATENÇÃO: TEMER SERÁ SOLTO

STJ já tem votos suficientes para soltar Michel Temer
Até agora, dois ministros foram a favor da liberdade do ex-presidente, alegando que os fatos apurados na investigação são "razoavelmente antigos"
Temer: a defesa de Temer alega que o decreto prisional está "fundado em afirmações genéricas, sem apresentação de fundamentos concretos" (Adriano Machado/Reuters)
São Paulo — Os ministros da Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) julgam agora um pedido de liminar em favor do ex-presidente Michel Temer, que está preso preventivamente desde a última quinta-feira (9), em São Paulo.
Até agora, dois ministros já foram a favor da liberdade do ex-presidente, alegando que os fatos apurados na investigação são “razoavelmente antigos” e que os crimes investigados não teriam sido cometidos com violência. São eles: relator do caso, o ministro Antonio Saldanha Palheiro, e a ministra Laurita Vaz.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.