SÃO PAULO - Homem suspeito de matar trans a pauladas se apresenta à polícia

O rapaz, que ainda não teve o nome divulgado, teria assassinado Larissa Rodrigues da Silva, de 21 anos, na noite de sábado (04/05)
REPRODUÇÃO/ ARQUIVO PESSOAL
O homem suspeito de ter matado a pauladas a transexual Larissa Rodrigues da Silva, 21 anos, nesse sábado (04/05/2019) na Zona Sul de São Paulo, se apresentou à polícia na noite desta segunda-feira (06/05/2019). As informações são do G1.
O caso foi registrado como homicídio no 27º Distrito Policial de Campo Belo, onde será investigado. A polícia está buscando imagens de câmeras de segurança para saber como ocorreu o crime.
Uma testemunha contou à polícia que o homem, que ainda não teve o nome divulgado, passou em um carro e mexeu com a vítima e a testemunha. Posteriormente, o rapaz retornou com o veículo e disse que havia sido roubado pelas duas, mas não informou o que havia sido levado.
Agrediu e fugiu
Ele então teria desembarcado do veículo e usado um pedaço de madeira para golpear Larissa na cabeça. O criminoso fugiu na sequência.
Policiais militares foram acionados para atender à ocorrência de agressão e encontraram Larissa caída. Ela foi socorrida por uma ambulância ao Hospital Municipal Doutor Arthur Ribeiro Saboya, também na zona sul, mas não resistiu aos ferimentos.
O homicídio foi registrado no 27º Distrito Policial (Campo Belo). O delegado solicitou perícia no local, além de exame necroscópico.
(METRÓPOLES)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.