DISTRITO FEDERAL - Polícia encontra, em matagal, corpo de mulher desaparecida

Genir Pereira de Sousa, 47 anos não era vista desde a manhã de 2 de junho. Ela trabalhava no Paranoá e morava em Planaltina
RAFAELA FELICCIANO/METRÓPOLES
A Polícia Civil do Distrito Federal localizou, nesta quarta-feira (12/06/2019), o cadáver de Genir Pereira de Sousa, 47 anos. Ela estava desaparecida desde 2 de junho.
O corpo estava em uma área de mata entre o Paranoá , onde ela trabalhava, e Planaltina, onde morava, mas o local exato não foi informado. O desaparecimento de Genir foi comunicado pela patroa dela após a empresária, dona de uma pizzaria, estranhar as ausências da funcionária.
Em depoimento prestado na 6ª Delegacia de Polícia (Paranoá), a mulher disse que, em 15 anos de serviço, Genir nunca tinha faltado ao trabalho e era muito responsável.
No dia anterior ao desaparecimento, a mulher trabalhou normalmente na pizzaria e saiu por volta da meia-noite. Naquele dia, ela saiu para tomar cerveja com o namorado, que também é contratado do estabelecimento.
Ela passou a noite com o companheiro e, no dia seguinte, por volta das 8h, foi à casa da patroa, pegou alguns objetos pessoais e se dirigiu ao ponto de ônibus para pegar uma condução até o Arapoanga, em Planaltina. Após se dirigir à parada, Genir não foi mais vista. A PCDF apura o caso.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.