PROJETO OLHAR CRIANÇA INICIA FORMAÇÃO COM COORDENADORES PEDAGÓGICOS

Após recente parceria entre a Prefeitura de Itabuna (envolvendo as secretarias da Educação [SME] e Saúde [SMS]), o Lions Club Itabuna deu início, na última sexta-feira (31), no auditório do Hospital de Olhos Beira Rio, ao projeto Olhar Criança, que conta também com o apoio daquela unidade de saúde hospitalar-oftalmológica.
Na oportunidade, cerca de 35 profissionais de coordenação pedagógica da Rede Municipal de Ensino, através de palestra proferida pelo médico oftalmologista e coordenador do projeto, Dr. Wandick Rosa, conheceram os detalhes do projeto, receberam formação específica visando a identificação de estudantes que, porventura, possam estar enfrentando problemas de acuidade visual e tiraram dúvidas sobre a operacionalidade do projeto.
A secretária municipal da Educação, professora Nilmecy Santos Gonçalves, esteve representada pelas professoras Vânia Maria Menezes Borges (assessora do Ensino Fundamental – Anos Iniciais); Ana Paula Cabral Teixeira (assessora da Educação Infantil) e Fátima Santa Fé Borges (assessora de Saúde Escolar), as três circunscritas ao Departamento da Educação Básica (DEB), da Secretaria Municipal da Educação (SME).
Para o Dr. Wandick Rosa, a participação das equipes docentes nesse projeto é primordial, entre outros aspectos, porque os estudantes estão muito mais familiarizados com os professores e profissionais da escola, do que com quaisquer profissionais médicos. Isso contribui para que os exames de acuidade visual sejam feitos com mais assertividade.
O projeto visa identificar esses estudantes tendo as equipes de coordenação e os docentes da Rede Municipal de Ensino como colaboradores voluntários. Os estudantes com problemas de visão serão encaminhados para a equipe técnica do projeto, composta pelos profissionais de oftalmologia, que farão exames mais detalhados. Os estudantes com necessidade de uso de óculos receberão o equipamento gratuitamente, algumas das lentes e armações foram doadas pela Secretaria de Saúde.
Os coordenadores pedagógicos que participaram da formação, na condição de multiplicadores, levarão as informações do projeto para as unidades escolares e as compartilharão com os professores. Estes, por suas vezes, serão os que estarão diretamente em contato com os alunos para averiguar os primeiros sinais de acuidade visual.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.